Brasil é o quinto país no ranking pelo selo Leed
A ONG Green Building Council Brasil, criada para auxiliar no desenvolvimento da indústria da construção sustentável no país, registrou, até maio de 2009, 124 empreendimentos em processo de certificação Leed (Leadership in Energy and Environmental Design). Esse número coloca o Brasil na quinta posição no ranking da procura pelo selo. No ano passado, três empreendimentos brasileiros conquistaram a certificação (em 2007, apenas um recebeu o selo) e 44 novos projetos foram registrados para conseguir o Leed, um crescimento de 100% em relação ao ano anterior. As atividades de educação e treinamento que estimulam ou capacitam profissionais para trabalhar com construções sustentáveis também tiveram resultados positivos. “Nossa meta era de 3.500 pessoas, mas conseguimos atingir mais de sete mil”, afirma Nelson Kawakami, diretor-executivo do GBC Brasil. Já o número de profissionais Leed AP, reconhecidos por seus conhecimentos sobre as práticas de construção sustentável e os princípios do Sistema de Certificação Leed, mais do que dobrou entre 2007 e 2008, passando de 13 para 36. Segundo Kawakami, esse crescimento reflete a preocupação das organizações em desenvolver projetos mais sustentáveis e, para isso, elas precisam de profissionais capacitados para desenvolver este trabalho. “A demanda não pára de aumentar e há profissionais brasileiros que, inclusive, são recrutados por empresas de fora do país”, diz.